Livros para dar

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
A Câmara Municipal de Santa Cruz das Flores tomou a iniciativa de dar livros. São livros que pertenceram à Biblioteca Itinerante da Fundação Calouste Gulbenkian e que foram há décadas atrás doados ao município. Uma vez que o Edifício do Antigo Tribunal vai ser recuperado e era lá que estes estavam guardados e existem muitos exemplares repetidos, todos esses exemplares nessa situação estão disponíveis para dar!
O espaço onde estão expostos para escolha e recolha é na biblioteca municipal do concelho.
São livros usados. Muitas foram as mãos que os folhearam. Muitas as pessoas que os leram. São livros carregados de história. Livros que cheiram a livros. Livros que anseiam ser folheados novamente.
Quem foi assíduo visitante da biblioteca itinerante não é imune à nostalgia de os rever e de se sentir tentado a levar um “braçado” deles para casa.
Encontrar livros de edições antigas como “Os meus amores”, de Trindade Coelho, toda a coleção de Julio Verne ou “Os cinco”, de Enid Blyton, é possível nesse recanto de relíquias que existe neste momento naquela biblioteca.
Não deixem de visitar!

Maria José Sousa

Share.

About Author

Maria José Cabral de Sousa, nascida a 08 de maio de 1979 no seio de uma família numerosa, natural de Santa Cruz das Flores, fez ensino primário na freguesia de Ponta Delgada, ilha das Flores onde residiu durante a sua infância e juventude. Concluiu o ensino secundário na Escola Básica e Secundária da ilha das Flores. Funcionária publica, mediadora de seguros e empresária no ramo da restauração, foi também subdiretora do Jornal As Flores entre o período de 2006 e 2007, assumindo depois o cargo de diretora do mesmo jornal entre o período de 2008 a 2012. É ainda esposa e mãe de duas meninas residente na Ilha das Flores.

Comments are closed.