Todos os nossos imigrantes são também cidadãos europeus

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
A Eurodeputada Sofia Ribeiro termina no passado dia 30 a visita à Diáspora Açoriana, em Toronto, para mais uma jornada de trabalho, no âmbito da delegação do Parlamento Europeu para as Relações com o Canadá. Este encontro teve início a 21 de setembro e contou com diversos contatos com entidades e associações como a Casa dos Açores de Ontário, o Centro Comunitário e Cultural “Graciosa” e mesmo com a secção do PSD/Toronto.

De acordo com uma nota enviada às redações, a Eurodeputada classificou esta iniciativa como algo “absolutamente fundamental”, por “Toronto, em particular, e o Canadá, em geral, terem uma enorme comunidade de emigrantes dos Açores, que importa também acompanhar e auscultar”.
Para além dos contactos e visitas às entidades e associações representativas da comunidade açoriana, esta jornada de trabalho teve também no seu programa encontros com alguns órgãos de comunicação social locais. Para Sofia Ribeiro, o objetivo foi chegar “ao maior número de nossos concidadãos”.
Em declarações, a Eurodeputada afirmou ter “duas mensagens muito importantes” a passar à comunidade. “A primeira tem a ver com o CETA (acordo de livre comércio entre a União Europeia e o Canadá ) e com as enormes vantagens de investir na Europa, nomeadamente nos Açores, e dos Açorianos também investirem no Canadá, através da exportação dos nossos produtos”.
A eurodeputada diz ainda “que todos os nossos emigrantes são também cidadãos europeus”. O que lhes dá, igualmente, acesso a oportunidades disponibilizadas pela União Europeia. “Por este motivo, elaborei um documento que irei apresentar na Casa dos Açores de Ontário, que reúne diversos programas como o Erasmus+, Horizonte2020, entre outros, que poderão ser uma ferramenta útil para quem as quiser aproveitar”, acrescenta.
Sofia Ribeiro apela por fim à necessidade de a comunidade se naturalizar e adquirir a cidadania americana ou canadiana. “Não obstante a existência de diversas oportunidades para quem tem cidadania europeia, faço sempre esta ressalva, de modo a evitar os dissabores que bem conhecemos e que se tenderão a agravar com a atual administração Trump”, termina.
Durante esta visita ao Canadá, a Eurodeputada participou, ainda, na Semana Cultural Beirã, que decorreu de 23 a 30 de setembro, em Toronto.

Share.

About Author

Comments are closed.